Casa Saint Cyr

263128
Casa Saint Cyr Casa Saint Cyr Casa Saint Cyr

O exemplo mais extravagante e o mais surpreendente da Art Nouveau bruxelense é, sem sombra de dúvida, a Casa Saint-Cyr, sendo a sua magnífica ferraria de arte a característica mais marcante. Decorada pela mão do mestre graças à utilização abundante de vidro e de ferro na estreita fachada de quatro metros de largura, a casa é uma delícia para os olhos.
Foi construída entre 1900 e 1903 como habitação do pintor e decorador Léonard de Saint-Cyr, pela mão do arquiteto bruxelense Gustave Strauwen, um dos alunos de Victor Horta, que desenhou os planos aos 21 anos.
Até há pouco tempo, as opiniões sobre esta joia da Art Nouveau não eram, aliás, unânimes. O arquiteto principal da cidade de Bruxelas dizia, em 1967, a respeito da fachada: «Falta a unidade que é tão necessária a qualquer obra de arte; os diferentes elementos chocam-se e dão uma impressão de fantasia desordenada e pouco harmoniosa, ainda acentuada pela presença de uma escada exterior de um gosto duvidoso». Seis anos mais tarde, as opiniões ainda divergiam: ... «É uma obra tumultuosa, em proporções desconcertantes, que fazem lembrar mais um palco de teatro do que um conjunto arquitetónico sério, ordenado e lógico», concluía a Comissão Real dos Monumentos e Locais Históricos.

Informações práticas

  • Square Ambiorix 11
    1000 Bruxelles