Surrealismo

Bruxelas é o solo do surrealismo e os bruxelenses fazem disso um modo de vida que se partilha através dos museus e dos locais que dele estão impregnados. Em reação aos artistas que só tinham feito um «neo qualquer coisa», Magritte, Scutenaire, Mariën e os seus companheiros visionários criam novas imagens, uma nova linguagem. As palavras e as coisas não têm mais correspondência entre si. Os artistas formam um grupo coeso e interativo que cria happenings, organiza falsas conferências e outras atividades subversivas. O surrealismo nasceu e deixará a sua marca poética por toda a Bruxelas.

Oh, pedimos desculpa! Tente outra coisa em Bruxelas